FACP - Faculdade de Paulínia

Informações - FACP Central do Aluno Mapa do Site Fale Conosco

Rua Nelson Prodócimo nº 495 - Jardim Bela Vista - Paulínia/SP

Increva-se VESTIBULAR

Quinta18 Outubro 2018

Bacharelado em Farmácia

Tamanho da letra:

Na área de saúde o Município de Paulínia conta com vinte e cinco estabelecimentos (IBGE, 2009). A totalidade da população tem distribuição de água tratada e 85% do esgoto coletado é tratado (Prefeitura Municipal/Sabesp, 2001). A cidade conta com dois espaços ambientais, o Jardim Botânico e o Parque Ecológico, que oferecem áreas de lazer e abrigo para animais. A CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) mantém duas estações de monitoramento da qualidade do ar na cidade de Paulínia.

Assim, os cursos da Faculdade de Paulínia, contribuem diretamente para o desenvolvimento da região com a formação de profissionais capacitados para o mercado de trabalho e norteados por uma ampla consciência humanística para o crescimento pessoal como cidadãos.

A região de influência da Instituição requer de forma intensa, profissionais qualificados o que denota a necessidade da oferta de cursos de graduação. Neste sentido a Faculdade de Paulínia - FACP atua na formação de mão-de-obra qualificada para todos os ramos da economia. As empresas, instituições e órgãos públicos têm apresentado uma alta demanda por profissionais, o que se identifica em Paulínia e na maioria das cidades da região. A RMC consolidou-se como uma das regiões brasileiras mais relevantes no âmbito econômico, porque comporta um dos polos industriais e tecnológicos mais importantes do Brasil com moderno e diversificado parque de natureza complementar. Possui uma estrutura agrícola e agroindustrial bastante significativa e desempenha atividades terciárias de expressiva especialização. No campo científico e tecnológico a região comporta, entre outras, as seguintes empresas: Embrapa, CPqD, Motorola, Lucent, CENPRA, Petrobrás, IBM, Unilever, Laboratório Sincronton, HP/Compac. Há na região, dada a densidade demográfica, o maior índice de escolarização da população, quando se compara com a média nacional, um contingente expressivo de alunos concluintes do ensino médio.

Há também o desenvolvimento do setor de prestação de serviços tendo crescimento expressivo de 17%. A título de exemplo em 2004, Campinas movimentou aproximadamente U$ 840 milhões em exportações. No campo econômico as micro e pequenas empresas contribuíram sobremaneira para estimular na RMC o crescimento. Atualmente estas empresas são a principal fonte geradora de empregos promovendo nos últimos cinco anos um aumento médio da mão de obra em torno de 3,4% ao ano. As médias e grandes empresas no mesmo período contribuíram com um aumento médio da mão de obra de 2,1% ao ano.

Vai se consolidando a vocação logística, tecnológica e de serviços da RMC devido aos projetos de ampliação do Aeroporto de Viracopos, da recuperação da malha ferroviária para o escoamento de cargas e da estruturação do corredor de exportação que liga a região de Campinas ao Porto de São Sebastião. A criação deste corredor de exportação considera a privatização das rodovias Dom Pedro I, Carvalho Pinto e Airton Senna, além da duplicação da Rodovia dos Tamoios, configurando um canal estrategicamente localizado para o escoamento das exportações e para a geração de novas oportunidades de emprego e divisas. Neste contexto, a tendência atual e futura da RMC é de crescimento das ofertas de trabalho. Desse modo, as iniciativas que estimulem a formação de recursos humanos adequados a este cenário deverão apresentar boas perspectivas de êxito, face às suas necessidades particulares.

Nos municípios da região a produção industrial é extremamente diversificada, com ênfase em setores dinâmicos e de alto apelo científico/tecnológico o que vem promovendo para a RMC resultados crescentes em termos de ganhos de competitividade nos mercados internos e externos. A cidade de Campinas atingiu em 2004 um PIB de R$ 27 bilhões, ocupando a quinta posição no ranking paulista de municípios e 16º lugar no ranking nacional. Campinas também é sede de uma das quinze regiões metropolitanas do Estado. Esta região ocupa o segundo lugar do Estado, em relação ao ranking dos indicadores de riqueza. Com vocação concentrada em serviços e em menor nível industrial, apresenta hoje PIB de cerca de R$ 29,3 bilhões (http://www.cidades.ibge.gov.br – 2010).

A Região conta com amplo sistema viário, ramificado e de boa qualidade, tendo como eixos principais: as Vias Bandeirantes e Anhangüera, em direção ao município de Limeira, e a Rodovia SP-304, rumo a Piracicaba. Há ainda a Rodovia Dom Pedro I, que faz ligação com o Vale do Paraíba. Paralelamente a malha viária possibilitou a ocupação urbana organizada em torno de algumas cidades de portes médio e grande, revelando processos de conturbação já consolidados ou emergentes fato que provocou mudanças muito visíveis na vida das cidades. De um lado, há desequilíbrios de natureza ambiental e deficiências nos serviços básicos e, de outro, grandes potencialidades e oportunidades em função da base produtiva (atividades modernas, centro de tecnologia de ponta, etc.).

A RMC representa 7% do total do emprego gerado no estado de São Paulo e 2% do total do emprego no Brasil. Campinas é responsável por 43% do emprego existente na RMC. Em termos setoriais pode-se dizer que há uma maior participação das atividades de serviço e comércio.

A organização da estrutura produtiva da RMC mostra que 53% do emprego total está sendo gerado por pequenas ou microempresas. O volume de emprego gerado pela grande empresa (com mais de 500 empregados) em março de 2007 foi 35% do emprego total contra 34% na pequena empresa e 19% na microempresa.

O aspecto central a ser destacado com relação ao perfil de escolaridade dos empregados formais na RMC diz respeito à elevada participação de pessoas com ensino médio completo. Em março de 2007, este percentual estava em torno de 41%. Mais da metade dos empregados possui alto nível de instrução (ensino médio e superior completo).

A região requer de forma intensa, profissionais qualificados, o que denota a necessidade da oferta de cursos de graduação. Neste sentido a FACP atua na formação de mão-de-obra qualificada para todos os ramos da economia. As instituições e órgãos públicos têm apresentado uma alta demanda por profissionais, em especial, no próprio município de Paulínia.

Verifica-se, pois, a abrangência da extensa região a ser beneficiada pelo desenvolvimento do projeto do curso, voltado a atender mais de cento e vinte mil estudantes do ensino médio, de área densamente povoada e inserida em contexto econômico dos mais expressivos economicamente.

Nesse espaço sócio-econômico-educacional é que emerge a FACP, voltada a contribuir para o desenvolvimento da região e, ao mesmo tempo, possibilitar a capacitação de seus egressos para a atividade profissional.

Assim, o curso contribui diretamente para o desenvolvimento da região com a formação de profissionais capacitados para o mercado de trabalho e norteados por uma ampla consciência humanística para o crescimento pessoal como cidadãos.

A implantação do Curso de Farmácia em Paulínia justifica-se, pois, segundo levantamento do Conselho Regional de Farmácia do estado de São Paulo CRF-SP, a cidade conta com 67 estabelecimentos farmacêuticos e, seu entorno, com 386. Desta forma, havendo uma demanda por Profissionais Farmacêuticos.

 

  Estabelecimentos

Drogarias

Farmácias privadas

Laboratórios

Indústria

Outros

Setor público

Paulínia

67

38

15

4

2

8

13

Região *

387

184

115

27

32

29

101

* Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Itapira, Jaguariúna, Lindóia, Pedreira, Santo Antônio da Posse, Serra Negra e Socorro.

Objetivos do curso

A Ciência Farmacêutica abrange uma ampla variedade de campos que se estendem desde a atenção farmacêutica até o desenvolvimento de novos fármacos e de novas tecnologias para o diagnóstico de doenças. É neste campo que o Curso de Farmácia da FACP busca maior ênfase: Formar um profissional com perfil humanístico, crítico, reflexivo e multidisciplinar. E que busque na educação continuada apoiada na tecnologia o desenvolvimento social da comunidade e proteção ao meio ambiente. O alvo do nosso Curso de Farmácia é de uma educação continuada abrindo caminhos para o mercado de trabalho, pesquisa e extensão, de acordo com os objetivos institucionais. Além disso, os objetivos do Curso estão em consonância com seu Projeto Pedagógico.

Perfil do egresso

Pretende-se que o nosso egresso tenha como hábito o aprimoramento continuado na área que melhor lhe convier. E que seja um profissional ético, multidisciplinar, humano, o qual sempre busque seu aprimoramento humano e profissional através de uma educação continuada, para tanto, a formação estará estruturada nos eixos: cuidado em saúde; tecnologia e inovação em saúde; gestão em saúde. Especificamente, o curso objetiva formar um profissional:

  • Que possa atuar em todas áreas de atenção farmacêutica seja formal como informalmente.
  • Conhecedor de aspectos teóricos, científicos e tecnológicos relacionados às Ciências Farmacêuticas.
  • Com capacidade de aprender a aprender.
  • Que saiba trabalhar em equipe, gerenciar, ser gerenciado, e comunicar projetos, trabalhos, resultados de pesquisa em linguagem oral e escrita.
  • Sensível às repercussões éticas, sociais e legais da Ciência Farmacêutica.
  • Com visão interdisciplinar da Ciência e do mundo.
  • Com perfil de liderança frente os desafios de sua vida profissional.
  • Que colabore com o desenvolvimento social de sua comunidade local.
  • Que busque uma educação continuada envolvendo-se com as inovações tecnológicas, mas sem deixar de lado seu perfil humanístico.
  • Farmacêutico consciente do desenvolvimento sustentável, protegendo a biodiversidade do planeta.
  • Profissional que interaja com seu órgão de classe, e que busque ou colabore junto a estes a atualização da profissão farmacêutica.

 Estrutura Curricular

MÓDULO

DISCIPLINA

CARGA HORÁRIA

(horas/aula)

CARGA HORÁRIA TEÓRICA

CARGA HORA PRATICA

  Química geral e inorgânica

80

50

30

  Morfologia humana I

80

40

40

1

Introdução as ciências farmacêuticas


40

40

0

  Matemática aplicada a farmácia

40

40

0

  Farmacobotânica

80

40

40

  Química analítica qualitativa

80

40

40

  Atividades complementares I

0

0

50

TOTAL

  400

250

200

 



2

Morfologia humana II

40

20

20

Química orgânica

80

40

40

Quimica analítica quantitativa

80

40

40

Bioestatística

40

40

0

Introdução a metodologia de pesquisa


40

40

0

Citologia, histologia e embriologia humana


80

40

40

Gestão e marketing farmacêutico

40

40

0

  Atividades complementares II

0

0

50

TOTAL

  400

260

170

 
3

Fisiologia I

80

60

20

  Bioquímica

40

40

0

  Parasitologia

80

40

40

  Físico-química aplicada aos fármacos


80

40

40

  Primeiros socorros

40

20

20

  Patologia

80

40

40

  Atividades complementares III

0

0

50

TOTAL

  400

240

210

 



4

Biologia molecular e genética aplicada


40

40

0

Fisiologia II

40

40

0

Farmacognosia e fitoquímica

80

40

40

Farmacologia

80

80

0

Imunologia

40

40

0

Deontologia, ética e legislação

farmacêutica


40

40

0

Bioquímica Metabólica

80

60

20

TOTAL

  400

340

60

 

5

Farmacotécnica

80

40

40

Fisiopatologia e farmacoterapia I

80

80

0

Atenção farmacêutica

40

40

0

Saúde pública

40

40

0

Gestão em serviços de saúde

80

80

0

Homeopatia

80

40

40

TOTAL

  400

320

80

 



6

Microbiologia

80

40

40

Bioquímica clínica

80

40

40

Fisiopatologia e Farmacoterapia II

40

40

0

Química farmacêutica e síntese de

fármacos


80

40

40

  Análise instrumental

40

30

10

Nutrição humana

40

40

0

Saúde ambiental

40

40

0

TOTAL

  400

270

130

 


7

Toxicologia

80

40

40

Farmacotécnica Industrial

80

40

40

Microbiologia clínica

40

20

20

Farmácia Hospitalar

80

40

40

Física Industrial

40

30

10

Operações unitárias

40

40

0

Biossegurança

40

40

0

TOTAL

  400

250

150

 


8

Imunofarmacologia clínica

40

30

10

Bromatologia

80

40

40

Controle de qualidade

microbiológico de medicamento, cosméticos e alimentos



80

40

40

Enzimologia e tecnologia de

fermentações


80

40

40

Tecnologia de informação e

comunicação em saúde.


40


20


20

Radiofármacos

80

80

0

TOTAL

  400

250

150

 


9

Tecnologia e Análises de

alimentos


80

40

40

Controle de qualidade físico- químico de medicamento,

cosméticos e alimentos



80

40

40

Trabalho de conclusão de curso I

20

20

0

Semiologia farmacêutica

80

40

40

Optativa I

40

40

0

Cosmetologia

40

20

20

Tópicos de atualização

farmacêutica I


60

50

10

TOTAL

  400

250

150







10

Garantia de qualidade de medicamentos, alimentos e análises clínicas



40


40


0

Hematologia ecitopatologia

clínica


80

40

40

Tópicos de atualização

farmacêutica II


60

50

10

Optativa II

40

40

0

Trabalho de conclusão de curso II

20

20

0

Pesquisa e desenvolvimento para

inovação


80

60

20

Farmacovigilância

80

80

0

TOTAL

  400

330

70

 

TOTAL DA CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS

4000

2760

1240

ESTÁGIO SUPERVISIONADO:

     
Estágio supervisionado em fármacos,

150

150

medicamentos e assistência farmacêutica I

   
Estágio supervisionado em fármacos,

150

150

medicamentos e assistência farmacêutica II

   
Estágio supervisionado em fármacos,

150

150

medicamentos e assistência farmacêutica III

   
Estágio supervisionado em fármacos,

150

150

medicamentos e assistência farmacêutica IV

   
Estágio supervisionado em análises clínicas e

150

150

toxicológicas I

   
Estágio supervisionado em fármacos,

150

150

medicamentos e assistência farmacêutica II

   
Estágio supervisionado em especificidades

50

50

regionais I

   
Estágio supervisionado em especificidades

50

50

regionais I

   
TOTAL DE HORAS DE ESTÁGIO

1000

  1000

ATIVIDADES COMPLEMENTARES (se

obrigatório)

150

  150


TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO

(se obrigatório)

250

   
TOTAL DO CURSO

5400

   
ATIVIDADE PRÁTICA

SUPERVISIONADA – APS

(666)

   
LIBRAS (optativa ou obrigatória)

(40)

   
Demonstrativo em horas relógio:

Total das disciplinas 4000 ÷ 60 x 50 = 3334 + 1000 (estágio) + 150 (atividades complementares) + 250 (TCC) 666 (atividade práticas supervisionada – APS) =

5400 horas




tecassistiva

Текстиль для дома, Вышивка, Фурнитура, Ткани
автоновинки

DMC Firewall is a Joomla Security extension!